PIRANDO SOZINHA

O que fazer quando você está puta consigo mesma? Quando coloco algo na cabeça ninguém tira, inclusive eu.
Estou mais puta, pois sei que tem algo me dizendo "queridinha, se toca". Problema maior é que só resolverei isso semana que vem ou talvez não resolverei merda nenhuma, pois não é tão fácil assim. Inclusive, preciso de dinheiro, quando não preciso, né? E temos o caso de sentir vergonha alheia, puta que pariu, pra que isso existe? Fora isso, tem o fato de querer se dar bem, então você começa a pensar em varias coisas desnecessárias e que te deixa com uma ansiedade fora do normal.

Indecisão reina no meu ser, que novidade, pois temos dois lados "Queridinha, se toca" e o outro "Miga, seje menas". O qual você não sabe qual confiar, pois os dois parecem ser bem bosta, mas o "miga, seje menas" é o mais favorável no momento.

Enfim, um texto que vi no blog da Rafa, mas que foi escrito pelo Bruno Fontes. Achei esse texto tão lindo que não aguentei esperar para compartilhar aqui.
Você não faz nada, fica lá quietinha e eu crio toda a piração sozinho. Você anda, eu acho lindo. Você tropeça, eu vejo dança. Você vem com gentileza e eu já acho que me quer. Você não se aproxima e eu sinto que nunca me deu bola. Você não sabe de nada, nem faz ideia de quanto eu gosto de ti, e eu querendo que você responda algo que eu nunca perguntei. Acho mais seguro assim, eu criando o romance em mim. É perigoso demais ouvir um não seu, e ainda mais perigoso ouvir um sim. E o pior, é que tudo isso me deixa puto. É como se eu não te convidasse pra festa e ficasse bravo por você não ir.

5 comentários:

  1. também sou assim louca da vida, enfrento uma batalha diária comigo mesma com essas duas consciências tem hora que eu apenas sento e paro de pensar se não eu enlouqueço de vez...
    Achei o texto a coisa mais fofa *-*
    entrenospicio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos as loucas da vida. uahsuahs Ah, que bom que gostou. ♥

      Excluir
  2. também sou assim louca da vida, enfrento uma batalha diária comigo mesma com essas duas consciências tem hora que eu apenas sento e paro de pensar se não eu enlouqueço de vez...
    Achei o texto a coisa mais fofa *-*
    entrenospicio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu creio que todos esses momentos de angustias, do tipo que vc ta passando, nos ensinam algo. Nos ajudam a nos entendermos e a nos conhecermos. Crescemos achando que somos perfeitos, que não cometemos erros ou que não temos que mudar nada. E com o passar dos anos e experiências de vida, aprendemos que estamos em constante aprendizado e que sim, temos que melhorar muita coisa. Boa sorte aí. rs Bjooo flor!

    ResponderExcluir

Não comente caso não tenha lido a postagem ♡
Comentários do tipo "segue de volta" será apagados, se eu gostar do seu blog eu seguirei ♡

© 2016 | Design e Código: Sanyt Design | • voltar ao topo